• podcasts •

Como Falar Sobre Ética?

Neste podcast, Oscar Motomura apresenta o conceito de ética, segundo a filosofia, que é a escolha pelo bem comum. E faz uma reflexão sobre diferentes formas de se restaurar a ética na sociedade.

Todos nós, no fundo, no fundo, gostaríamos de ter uma sociedade muito mais ética. Podemos usar vários métodos, alguns métodos mais agressivos para restaurar a ética ou uma forma mais harmoniosa de se chegar lá.

Eu queria elaborar um pouco sobre essa questão, partindo da própria definição de ética, uma definição que vem da filosofia. Ética é a escolha pelo bem comum. Se eu parto dessa definição, nós temos, no dia a dia, uma série de comportamentos não éticos muito sutis, por exemplo, eu tenho algo a dizer em uma reunião, algo decente que leva a dinâmica dá reunião a ficar mais próxima do bem comum, e por medo eu não digo o que penso. Esse é um ato não ético.

A ética não vai ser restaurada de fora, alguém fazendo alguém ficar ético. A ética, pela sua própria natureza, pressupõe algo que vem de dentro da pessoa. O meu comportamento ético de levantar a mão e dizer o que eu penso, atropelando o medo que pode me censurar, é um movimento natural de dentro para fora e que terá seus efeitos nas outras pessoas. Mas eu não estou fazendo isso para o outro ficar mais ético, eu estou fazendo algo para eu mesmo ficar mais ético.

Esse conjunto de ações que vêm de dentro, que fazem com que o grupo como um todo passe a adotar comportamentos mais éticos de uma forma absolutamente natural – porque testemunhar um ato ético de uma pessoa que disse o que tinha de dizer, atropelando o medo que sentia (esse é um exemplo interessantíssimo, que mexe com as pessoas), é o que talvez leva as pessoas a dizerem “puxa, o cara conseguiu superar o medo e disse tudo o que tinha a dizer, eu acho que também posso fazer isso”. Então, não é que alguém está mudando alguém por métodos violentos, mas o comportamento ético, que vem de dentro, gera um efeito viral na sociedade como um todo.

É esse tipo de percepção que nós precisamos em nossa própria sociedade porque é muito fácil você apontar o dedo sobre coisas não éticas e escandalosas que você está vendo. O grande ponto no qual precisamos concentrar nossa atenção é compreender mais as pequenas coisas não éticas que ocorrem no dia a dia e que nem quer são tarjadas como não éticas, como esse ato de omissão: vejo algo errado acontecendo e me omito, finjo que não vejo. Todos esses são atos não éticos e, a partir da superação desses pequenos atos não éticos, é que estaremos contribuindo tremendamente para se chegar ao ideal de uma sociedade absolutamente ética, de forma absolutamente harmoniosa e natural.

conheça os nossos programas

Siga a amana-key

© todos os direitos reservados | grupo amana-key

Política de Privacidade