ARTIGOS Textos para ler, refletir e compartilhar

Como desenvolver líderes-estadistas?

Papéis que os líderes da organização precisam desempenhar de forma cada vez mais inovadora e integrada/ sistêmica para fazer diferença nos tempos de grandes desafios que vivemos hoje.

1. Comunidade: como desenvolver líderes que entendam de forma profunda a inserção da empresa na sociedade? Por meio de leituras, seminários e debates sobre ciências políticas, antropologia, psicologia social, economia etc.? Estudos de casos de empresas de sucesso que atuam na comunidade em que estão inseridas? Participação do executivo em associações, entidades e programas com objetivos amplos e à busca de melhoria da sociedade? Por ser uma questão de formação de base, isso só seria possível por meio de programas longos (vários meses) em regime de imersão total? Que obras deveriam ser debatidas em programas dessa natureza?

2. Referencial: como desenvolver líderes que tenham visão de mundo ampla, com plena consciência das megatransformações e mudanças em processo? Por meio de debates dessas questões na própria empresa com a ajuda de especialistas convidados? Programas de viagens pelo país e pelo exterior visitando empresas, fazendo estágios e participando de intercâmbios? Participação em seminários, debates e cursos que alimentem o executivo no dia-a-dia com informações e análises que mantenham seus macro-referenciais atualizados?

3. Visão: como desenvolver líderes de visão, que pensem sobre o que a empresa deve construir a longo prazo? Isso é decorrência natural de trabalhos feitos nos dois tópicos anteriores (comunidade e referencial)? Ou é necessário buscar a transição macro-referenciais para visão por meio de constantes exercícios intelectuais na própria mesa da diretoria/reuniões formais?

4. Pessoas: como desenvolver líderes que consigam relacionamentos autênticos/isentos de defensividade com as pessoas em geral, em todos os níveis, interna e externamente? Por meio de seminários/debates sobre temas como o direito natural das pessoas, teoria da justiça etc.? Ou trabalhos na área de psicologia e filosofia? Cursos sobre competência em relacionamento interpessoal?

5. Diálogo: como desenvolver pessoas com predisposição natural ao diálogo, abertura para ouvir ao outro com isenção e para dizer o que pensa de igual para igual? Por meio de cursos de desenvolvimento de habilidades interpessoais, assertividade, negociação? Seria algo natural, decorrente da aceitação do direi- to das pessoas, visão de mundo ampla, consciência comunitária?

6. Clientes:  como desenvolver líderes autenticamente interessados em atender necessidades e adicionar valor a produtos para os clientes? Por meio de programas que coloquem as pessoas em contato direto e intenso com os clientes não só por meio de visitas, mas até de estágios nas empresas clientes? Mesas-redondas com grupos de clientes? Cursos e seminários que façam o executivo desempenhar o papel de cliente em simulações, jogos e role plays?

7. Valores: como desenvolver líderes com sólido conjunto de valores e integridade em sua forma de ser? Por meio de seminários e debates internos? Análise de casos reais nas próprias reuniões da diretoria? Participação em grupos de trabalho para rever os valores predominantes na empresa e definir diretrizes sobre questões que envolvam critérios éticos, princípios, filosofia? Por meio da força da cultura organizacional? Do exemplo do principal líder da empresa?

8. Tempo: como desenvolver líderes com sensibilidade ao longo prazo, capazes de equilibrar ações rápidas, pragmáticas e de impacto imediato, com os objetivos maiores de longo prazo? Por meio de estímulos freqüentes à busca de coerência do que se faz com o longo prazo nas reuniões formais? Alocação periódica da pessoa a projetos de longo prazo? Debates dirigidos sobre casos reais relativos a problemas causados por posturas imediatistas?

9. Essência: como desenvolver líderes que estejam sintonizados com o básico e não se percam à busca exclusiva de números? Trabalhando a cultura da empresa, com envolvimento dos líderes, para desenvolver uma “forma certa” que busque com obsessão a essência das coisas? Por meio de programas de treinamento desenvolvidos para esse fim (inteligência organizacional, por exemplo)? Debates sistemáticos junto aos líderes-chave da empresa?

10. Lucro: como desenvolver líderes que trabalhem tanto a geração do lucro qualitativo (visando ao longo prazo) como de lucros quantitativos? Por meio de programas de treinamento que dissequem a “anatomia” da geração de resultados na empresa? Adequada e rigorosa administração dos próprios objetivos (que explicitem a importância dos resultados qualitativos e dos lucros)?

Abrir o WhatsApp
Olá, como podemos ajudar?
Olá!!
Como podemos ajudar?